Midias sociais

Busca

sábado, 24 de julho de 2010

....A Morte que Nos Traz Vida..

..A palavra profética convoca incessantemente a igreja de volta 'a pureza do evangelho e ao escândalo da cruz. Em suas numerosas cartas,Paulo reforça que seguir a Jesus é tomar a estrada principal até ao calvário. Entulhando as laterais da estrada para o Calvário, jazem os esqueletos de nossos egos, os cadáveres de nossas fantasias de controle e os estilhaços de justiça-própria, espiritualidade auto-indulgente e ausência de liberdade.
A maior carência de nosso tempo é por uma igreja que se torne o que a igreja raramente tem sido: O corpo de Cristo com o rosto voltado para o perdido e o achado, amando uns aos outros, independente de religião ou cultura, derramando-se numa vida de serviço, oferecendo esperança a um mundo aterrorizado e apresentando-se com alternativa jenuina ao que se passa hoje. "A igreja digna desse nome é um grupo de pessoas na qual o amor de Deus se manifesta no dia a dia eme entre cada um que compôe essa grande família.
Anseio por compaixão numa igreja sem ostentação, que acene gentilmente para que o mundo venha e desfrute da paz e da unidade que possuimos devido a presença do Espírito Santo em nosso meio. A cruz é a expressão última do amor de Deus pelo mundo. É a igreja do Cristo crucificado e ressurreto apenas aquela que trás sobre si a marca da cruz, apenas quando está voltada para fora de si e percorre com Ele o caminho da cruz.
Quando se volta para dentro em disputas internas e discordâncias teológicas , a igreja perde sua identidade e sua missão..No séc.XXI, o que separa os comprometidos dos não comprometidos é a profundidade e a qualidade do amor por Jesus e de uns para com os outros.
Encontremos-nos não no caminho do poder, mas no caminho da renúncia ao poder, não nmo caminho do sucesso, mas no caminho do serviço, não no caminho largo do louvor, mas no caminho estreito do ridículo e da rejeição. Ser disciípulo é ser como Cristo, perder a vida para que de algum modo se possa ganhá-la..O discípulo de Cristo deve pregar não apenas um Deus crucificado, mas homens e mulheres crucificados também. "Mas longe esteja de mim gloriar-me senão na cruz de nosso Senhor, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo"(Gál.6:14). NAO HÁ DISCÍPULO SEM CRUZ!!! Não há seguidor de Jesus se vivo com Ele em Belém e Nazaré, e não no Getsêmani e no Calvário.
Bem, quando vemos a Cristo em uma revelaçao única, primeira, sincera, forte e ´seria, imediatamente entramos na igreja, a qual é o seu corpo , de forma que morremos para nós mesmos e agora vivemos para o Rei e para servir uns aos outros..

pelos vínculos do calvário

5 comentários:

Os cristão não aprenderam ainda a lição da unidade... Unidade no amor, unidade no serviço, unidade no testemunho, ainda não renunciaram ainda não tomaram a estrada principal até ao calvário. Não há discípulos sem cruz. Lindo seu texto meu amigo. paz seja contigo!

Gostei muito do vídeo!

Coloquei o vídeo no meu blog ok
Paz!

Caramba, Ro, que legal!! Demais esse video neh!
Valeu
paz

Olá mais uma vez Benção!!! rsrs

Olha, verdadeiramente, vc é tocado muito a fundo pelo Espírito Santo de Deus para escrever em seu Blog. Às vezs me pego em certas situações murmurando um pouco (ou até muito), sobre algumas circunstâncias da minha vida, mas logo me lembro que tendo Jesus, que "abala terra, céu e mar, p dar vitória aquele que é fiel, e que Ele é um amigo fiel, que não falha..." sei então que vale a pena "sofrer sem murmurar". E agora, lendo sua postagem, mais uma confirmação disto: "NÃO HÁ DISCÍPULO SEM CRUZ..." Verdade pura e santa!

Paz!

Postar um comentário